STF

R7 Planalto Kim Kataguiri aciona PGR contra ministro Augusto Heleno

Kim Kataguiri aciona PGR contra ministro Augusto Heleno

Chefe do GSI teria dado ordens para a ativista Sara Winter focar seus ataques no STF (Supremo Tribunal Federal)

Ministro Augusto Heleno, do Gabinete de Segurança Institucional

Ministro Augusto Heleno, do Gabinete de Segurança Institucional

Alan Santos/Presidência da República - 27.10.2020

O deputado federal Kim Kataguiri (DEM-SP) acionou, nesta quarta-feira (24), a PGR (Procuradoria-Geral da República) contra Augusto Heleno, ministro-chefe do GSI (Gabinete de Segurança Institucional).

De acordo com o documento, Heleno teria dado ordens para a ativista Sara Winter focar seus ataques ao STF (Supremo Tribunal Federal). Ela chegou a ser presa sob as acusações de ter cometido injúria, ameaça e crime contra a segurança nacional.

“Recentemente, foi divulgada reportagem na imprensa em que Sara Winter, aparentemente arrependida, confessa que as ordens para as ações da organização criminosa eram dadas pelo ministro Augusto Heleno, que usava o aparato do Gabinete de Segurança Institucional para planejar, articular e executar tais atos”, diz a peça.

Kataguiri afirma que, se confirmados, os fatos são gravíssimos. “O ministro Augusto Heleno teria cometido, ao mesmo tempo, crime de responsabilidade (art. 8°, I da Lei 1.079) e crime comum, previsto no art. 359-L do Código Penal (que ainda não vigora, mas cujo tipo idêntico está no art. 17 da Lei de Segurança Nacional, que está na iminência de ser revogada)”.

A reportagem busca contato com o ministro-chefe do GSI.

Últimas