Novo Coronavírus

R7 Planalto 'Lamentável', diz FHC sobre suspensão da vacina Coronavac

'Lamentável', diz FHC sobre suspensão da vacina Coronavac

Anvisa interrompeu, na noite desta segunda-feira (9), estudos do imunizante feito por laboratório chinês em parceria com Instituto Butantan, de SP

Na imagem, ex-presidente Fernando Henrique Cardoso

Na imagem, ex-presidente Fernando Henrique Cardoso

Divulgação/Fundação FHC

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso afirmou nesta terça-feira (10) que "é lamentável a politização da vacina que nos livrará do coronavírus".

O ex-chefe do Executivo brasileiro comentou via redes sociais a suspensão, dada pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), dos estudos técnicos da Coronavac, vacina produzida pelo laboratório chinês Sinovac em parceria com o Instituto Butantan. 

Leia mais: Bolsonaro diz que 'ganhou' após suspensão da Coronavac

"É lamentável o que está acontecendo: politização da vacina que nos livrará do coronavírus. A decência e a saúde pública exigem pratos limpo: dado o que disse o Butantã, que a Anvisa se explique. E logo", disse FHC. 

A suspensão da Coronavac ocorreu na noite desta segunda-feira (9) após a ocorrência de um 'evento adverso grave'. O órgão, contudo, não havia explicado o que de fato ocorreu. Nesta terça, porém, a morte de um voluntário dos estudos clínicos do imunizante foi divulgada - o órgão trabalha com a hipótese de suicídio, e este fato teria sido o 'evento adverso grave'. Apesar de o óbito não ter relação com a vacina, segundo o governo paulista, a Anvisa manteve a suspensão do imunizante. 

Últimas