Lançamento do Renda Brasil é adiado pelo governo 

Casa Verde Amarela será lançada amanhã em cerimônia no Palácio do Planalto, mas demais projetos do Pró Brasil foram adiados 

Ministros Guedes e Braga Netto devem participar da cerimônia

Ministros Guedes e Braga Netto devem participar da cerimônia

Alan Santos/Presidência

O lançamento do novo programa de transferência de renda, o Renda Brasil, que irá substituir e ampliar o Bolsa Família, foi adiado pelo governo. O programa seria anunciado nesta terça-feira (25), dentro do Pró-Brasil, plano de retomada da economia. O lançamento do Casa Verde Amarela, no entanto, está mantido. 

O lançamento do Renda Brasil nesta terça junto com demais projetos de retomada do crescimento econômico estava sendo chamado pelo ministro Paulo Guedes, internamente, de "Big Bang Day". 

Em reunião nesta segunda (24), ministros e técnicos decidiram adiar o anúncio do Renda Brasil e da reforma admnistrativa porque ainda faltam detalhes para deixar os projetos mais redondos. Os textos são mais complexos e por isso a ideia de incluí-los no lançamento de amanhã foi descartada pelo governo. Inicialmente eles iriam manter o anúncio do Pró-Brasil, o plano de retomada da Economia, do qual tanto o Renda Brasil quanto o Casa Verde Amarela fazem parte. 

A cerimômia de lançamento do Casa Verde Amarela será às 11h desta terça, no Palácio do Planalto. O Casa Verde Amarela é o programa que irá substituir o Minha Casa Minha Vida e deve focar em dinheiro para reformas, ao contrário de grandes obras.