R7 Planalto Lewandowski envia ao STJ cópia de mensagens da operação Spoofing

Lewandowski envia ao STJ cópia de mensagens da operação Spoofing

Pedido foi feito pelo presidente Humberto Martins. Inquérito apura intimidação de ministros do Superior Tribunal de Justiça

  • R7 Planalto | Clébio Cavagnolle, da Record TV, e Plínio Aguiar, do R7

Na imagem, ministro Ricardo Lewandowski (STF)

Na imagem, ministro Ricardo Lewandowski (STF)

Nelson Jr. / STF 10-03-2020

O ministro Ricardo Lewandowski, do STF (Supremo Tribunal Federal), determinou nesta segunda-feira (12) o envio das cópias dos documentos da operação Spoofing ao presidente do STJ (Superior Tribunal de Justiça), Humberto Martins.

A solicitação foi feita pelo próprio Martins, “tendo em conta ainda que, não apenas o presidente, como também os demais ministros têm legítimo interesse em conhecer o conteúdo das referidas mensagens, em especial aquele que lhes diga respeito diretamente”.

Os documentos da operação Spoofing revelaram supostas tentativas de violação da independência jurisdicional e de intimidação de ministros do STJ, que abriu inquérito para apurar o caso no último 19 de fevereiro.

No entanto, em 31 de março, a ministra Rosa Weber determinou a suspensão do inquérito até o mérito da questão ser julgado pela Primeira Turma do STF. O ato foi acatado pelo presidente do STJ e aguarda análise dos magistrados da Suprema Corte.

Ainda na mesma decisão, Lewandowski determinou o envio dos documentos da operação Spoofing ao Corregedor-Geral do Conselho Nacional do Ministério Público, promotor de Justiça do Rio Grande do Norte Rinaldo Reis Lima, para as providências cabíveis.

Últimas