Apagões pelo Brasil

R7 Planalto Líder pede criação de comissão para investigar apagão no Amapá

Líder pede criação de comissão para investigar apagão no Amapá

Estado passou 21 dias com fornecimento reduzido de energia em 13 dos 16 municípios amapaenses. No período, dois apagões foram registrados

Na imagem, deputado federal Léo Moraes (Pode-RO)

Na imagem, deputado federal Léo Moraes (Pode-RO)

Divulgação Léo Moraes(Podemos-RO)

O líder do Podemos na Câmara dos Deputados, Léo Moraes (RO), protocolou requerimento para criação de comissão externa para investigar o apagão de energia elétrica que atingiu o Estado do Amapá.

A comissão terá o objetivo de acompanhar in loco unidades de distribuição de energia elétrica dos Estados do Norte do Brasil, “com vistas a verificar a real situação do fornecimento de energia elétrica na região, bem como a propositura de medidas legislativas eficazes para mitigar o risco de sua interrupção”.

Leia mais: Ministério diz que 100% da energia foi restabelecida no Amapá

O Ministério de Minas e Energia afirmou nesta terça-feira (24) que chegou ao fim à crise energética do Amapá. O Estado passou 21 dias com fornecimento reduzido de energia em 13 dos 16 municípios amapaenses. No período, dois apagões foram registrados. Moradores relatam a situação como zona de guerra.

Na justificativa do requerimento da comissão externa, o parlamentar diz que a situação no Amapá é exemplo “claro e dramático da péssima qualidade do serviço entregue à população pelas concessionárias de energia elétrica”.

Veja também: 'Somos excluídos do país': amapaenses veem 'descaso nacional' por apagão em meio a protestos e violência

Moraes lembra, ainda, relatório do Idec (Instituto de Defesa do Consumidor), que em 2018 registrou que a região Norte apresenta os piores resultados quanto à qualidade do fornecimento de energia elétrica.

Últimas