R7 Planalto Líderes no Senado anunciam cancelamento do recesso de julho

Líderes no Senado anunciam cancelamento do recesso de julho

As votações da segunda quinzena de julho e agosto serão realizadas às quartas e quintas, de acordo com a assessoria de imprensa da Casa

Na imagem, presidente Davi Alcolumbre (DEM-AP) durante sessão remota

Na imagem, presidente Davi Alcolumbre (DEM-AP) durante sessão remota

Marcos Oliveira/Agência Senado

Os líderes do Senado Federal anunciaram nesta terça-feira (7) após reunião o cancelamento do recesso de julho em decorrência da pandemia do novo coronavírus.

As votações da segunda quinzena de julho e agosto serão realizadas às quartas e quintas, informou a assessoria de imprensa da Casa.

Leia mais: Resultado de teste de Bolsonaro dá positivo para covid-19

Em meados de agosto haverá sessão presencial para votar autoridades. Na ocasião, o Senado tomará providências pra garantir a segurança sanitária dos senadores em grupos de risco - caso a situação da pandemia não melhore em agosto, os senadores devem adiar para setembro.

O cancelamento do recesso havia sido informada pelo presidente Davi Alcolumbre (DEM-AP) no dia 18 de maio. Na ocasião, o senador informou que a decisão foi tomada para que o Congresso Nacional fique de prontidão para a votação de projetos relacionados ao coronavírus.

Últimas