R7 Planalto Lira: "Bolsonaro se comprometeu a aceitar resultado da Câmara"

Lira: "Bolsonaro se comprometeu a aceitar resultado da Câmara"

Presidente da Câmara não quis falar sobre provável derrota da PEC do voto impresso, mas disse que Bolsonaro irá acatar decisão

  • R7 Planalto | Mariana Londres, de Brasília

Lira: "Bolsonaro se comprometeu a aceitar resultado da Câmara"

Lira: "Bolsonaro se comprometeu a aceitar resultado da Câmara"

Pablo Valadares / Câmara dos Deputados

O presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), disse, na chegada à Câmara dos Deputados, que a votação da PEC do voto impresso irá ocorrer nesta terça-feira (10). Ele negou que pudesse adiar a votação. 

"Fiz comentário a respeito de que achassem que a coincidência dos tanques era proposital poderíamos tentar adiar, mas nunca foi parte dos planos adiar, votaremos a MP 1045 e depois a PEC do voto impresso".

Questionado sobre o que espera do Palácio do Planalto caso a PEC seja derrotada, como é esperado, ele disse que tem o compromisso de Bolsonaro de que cumprirá e aceitará o resultado da votação na Câmara dos Deputados. 

"Não precisamos falar em hipótese, vamos esperar os resultados, e tanto um quanto o outro terão consequências, se passar teremos segundo turno e Senado, se não passar temos o compromisso do presidente da República, e isso ficou claro, que cumprirá e aceitará o resultado do plenário da Câmara dos Deputados".

Desfile bélico na Esplanada

O presidente da Câmara reiterou que o desfile bélico da Operação Formosa não é usual, mas disse não ter visto maiores repercussões sobre o ato. 

"Não é usual apesar da Operação de Formosa acontecer desde 1988 nunca houve um desfile dos veículos bélicos pela Esplanada dos Ministérios. Não vi maiores repercussões além disso, não aconteceu nada além demais, só que não é usual".

Finalizou dizendo que recebeu convite formal mas não pode comparecer por estar em reuniões com os líderes durante toda a manhã: 

"O presidente convidou pelo WhatsApp e disse que estariam convidados os presidentes do Senado, da Câmara, deputados e senadores, mas não sei quem foi. Porque estava em reunião trabalhando as pautas dessa semana".

Últimas