R7 Planalto Maioria dos brasileiros não quer ter arma em casa

Maioria dos brasileiros não quer ter arma em casa

60% dos entrevistados pelo Instituto Paraná Pesquisas após o decreto de Bolsonaro não pretendem ter armamento em casa

Maioria dos brasileiros não quer ter arma em casa

Bolsonaro ao assinar decreto que amplia acesso a armas

Bolsonaro ao assinar decreto que amplia acesso a armas

Marcos Corrêa/Presidência da República - 7.5.2019

Seis em cada dez brasileiros não querem ter armas em casa, segundo pesquisa de opinião realizada pelo Instituto Paraná Pesquisas entre os dias 14 e 18 de maio. O levantamento, portanto, foi realizado uma semana depois do decreto assinado pelo presidente Bolsonaro que ampliou o acesso a armas e munições no País.

Ao responder à pergunta: "O senhor(a) gostaria de ter uma arma de fogo em casa?", 60,9% dos entrevistados disseram que não. 36,7% disseram que sim, gostariam de ter uma arma de fogo em casa. E 2,4% não sabem ou não responderam.  

Por gênero, são as mulheres que mais rejeitam uma arma dentro de casa, 70,6% não querem, ante 50,2% dos homens. Por faixa etária, 66,9% dos mais jovens (entre 16 e 24 anos) rejeitam ter arma em casa. Por escolaridade são os com ensino fundamental completo, 64,2% e por região os moradores da região Sul, 62,2%.

O Institituto Paraná Pesquisas ouviu 2.452 pessoas em 180 municípios brasileiros das 27 unidades da federação. A amostra tem grau de confiança de 95,% para uma margem estimada de erro de aproximadamente dois pontos percentuais.