Marcola faz exames no Hospital de Base em Brasília 

O deslocamento da Penitenciária Federal para o hospital foi feito de helicóptero e sob forte esquema de segurança 

Marcola faz exames no Hospital de Base em Brasília

Marcola faz exames no Hospital de Base em Brasília

Estadão Conteúdo

Marcos Willians Herbas Camacho, o Marcola, suposto líder máximo da facção criminosa PCC (Primeiro Comando da Capital), foi levado de helicóptero na manhã desta quarta-feira (3) para fazer exames no Hospital de Base.

Os exames duraram cerca de 30 minutos. Agentes  da Polícia Federal, da Polícia Rodoviária Federal e da Força Nacional de Segurança Pública participaram do esquema de segurança para a realização dos exames, de acordo com o Ministério da Justiça e Segurança Pública. 

O R7 Planalto apurou que Marcola teve problemas urológicos e foi consultado por um proctologista. 

Marcola foi transferido em março para o Presídio Federal em Brasília, o que causou desconforto ao governador do DF, Ibaneis Rocha. O Hospital de Base é o principal hospital público de Brasília e fica na região central. Foi no Base que o ex-presidente Tancredo Neves foi operado de emergência em 1985. A distância entre o presídio federal e o Base é de cerca de 20 km. 

Em abril, agentes da Penitenciária 2 de Presidente Venceslau, onde Marcola ficou preso até fevereiro deste ano, interceptaram anotações com um possível plano de resgatar Marcola do Presídio Federal de Brasília.