R7 Planalto Me expressei de forma inadequada, afirma senador sobre Joice

Me expressei de forma inadequada, afirma senador sobre Joice

Styvenson Valentim disse que traição e uso de drogas são hipóteses para ferimentos sofridos pela parlamentar do PSL-SP

  • R7 Planalto | Plínio Aguiar, do R7

Na imagem, senador Styvenson Valentim

Na imagem, senador Styvenson Valentim

Jefferson Rudy / Agência Senado / 05.12.2019

Futuro alvo de uma representação no Conselho de Ética, o senador Styvenson Valentim (Podemos-RN) afirmou que se arrepende da forma e do conteúdo, mas não a ideia de sua declaração sobre o suposto atentado sofrido pela deputada federal Joice Hasselmann (PSL-SP).

“Sinceramente pode ter sido a forma, o conteúdo, mas a ideia não me arrependo não. Nesse caso, dentro de um apartamento funcional, tudo aquilo, gera muita curiosidade, e se trata de parlamentar para parlamentar, a gente sabe como é. Agora, eu volto a dizer que a dúvida que eu falei na live é uma dúvida das pessoas”, afirmou Valentim.

Em um vídeo que circula na internet, o senador fala das agressões sofridas por Joice em tom de deboche. Nas imagens, Valentim diz que traição ou uso de drogas são as duas hipóteses para as causas dos ferimentos da parlamentar.

Questionado sobre o motivo de sua declaração, o senador argumenta que foi com base em sua experiência policial. “Os maiores índices dizem que as mulheres que são agredidas dentro de casa são por traição. Então, quando eu falei aquilo, foi com base na experiência. A segunda, sobre entorpecentes, é porque como ficou tanto tempo desacordada, sem lembrar”, disse.

“Eu me expressei de forma informal e inadequada, mas a droga pode causar isso aí também. Eu digo isso porque já fui drogado. Não uso drogas, mas me deram boa noite cinderela uma vez. As duas hipóteses que levantei não foi para atacá-la diretamente a honra dela, eu usei estatísticas”, completou.

As declarações foram dadas pelo senador em entrevista à rádio 98 FM, de Natal, nesta segunda-feira (26) e enviadas ao R7 Planalto como o posicionamento oficial pela assessoria do deputado sobre a representação contra ele no Conselho de Ética. 

O vídeo em que Valentim ataca Joice levou a deputada anunciar que levará o caso ao Conselho de Ética do Senado, além de um boletim de ocorrência registrado contra ele.

“Ela está no direito dela. Se eu falei, e falei na live como todo mundo viu, é direito dela me colocar na Justiça, no Conselho de Ética, fazer tudo isso. Agora eu não tenho como provar uma coisa que muita gente sabe que no meio político, artístico, no meio de tanto estresse, as pessoas consomem não drogas. O que fica estranho é uma pessoa, depois de cinco dias, relatar uma ocorrência de danos físicos”, pontua Valentim.

“Se perder (mandato), tudo bem. Agora tem gente que rouba, coloca dinheiro na cueca, e não perde mandato. Se eu tiver que perder mandato pela fala, a qual a Constituição prevê essa imunidade para falar, perco. Não estou agarrado a mesa do Senado. Peço desculpas à população se perder, mas não vai ser por corrupção, por desvio de dinheiro, não vai ser por nada disso, se for perder por uma palavra, opinião, então vou ter que costurar minha língua e não falar mais.”

Últimas