R7 Planalto Mesa da Câmara pode ter inédita formação com 3 mulheres 

Mesa da Câmara pode ter inédita formação com 3 mulheres 

Marília Arraes (PT), Rose Modesto (PSDB) e Rosângela Gomes (Republicanos) são as escolhas dos seus partidos para a mesa diretora 

Marília Arraes, Rose Modesto e Rosângela Gomes

Marília Arraes, Rose Modesto e Rosângela Gomes

Agência Câmara

A mesa diretora da Câmara, que será escolhida nesta quarta-feira (3), após desentendimentos e acordos, pode ter a inédita formação de três mulheres na sua composição. Isso porque o PSB cedeu a sua vaga, que seria ocupada por Marcelo Nilo (BA), para o PSDB, que irá indicar a deputada Rose Modesto (PSDB-MS) para a terceira secretaria. 

A deputada Marília Arraes (PE) deve ser a indicada pelo PT para a segunda secretaria e Rosângela Gomes (RJ) será a representante do Republicanos na quarta secretaria. 

A primeira secretária do biênio 2019-2020, Soraya Santos (PL-RJ), já comemorava a possibilidade da ampliação do número de mulheres na mesa da Casa na tarde desta terça (2). Em 2019, ela se tornou a primeira mulher a ocupar a primeira secretaria, um trabalho de articulação da bancada feminina da Casa. 

No Senado não há mulheres na mesa diretora para este biênio, exceto na suplência. 

A votação para a escolha dos seis cargos que ao lado do presidente Arthur Lira (PP-AL) irão compor a mesa diretora no biênio 2021-2022 está marcada para às 10h desta quarta (3). 

Veja como deve ficar a composição da mesa após acordo.

1º Vice: PL, deputado Marcelo Ramos (AM)
2º Vice: PSD, deputado André de Paula (PE)
1º Secretário: PSL, deputado Luciano Bivar (PE)
2º Secretário: PT, deputada Marília Arraes (PE)
3º Secretário: PSB, deputada Rose Modesto (MS)
4º Secretário: Republicanos, deputada Rosângela Gomes (RJ)

Últimas