R7 Planalto Mesmo após covid, Maia defende uso de máscara até a vacina

Mesmo após covid, Maia defende uso de máscara até a vacina

Presidente da Câmara dos Deputados diz que o uso da máscara em locais públicos é fundamental para evitar a propagação do vírus

Curado da covid, Maia defende uso de máscara até a vacina

Curado da covid, Maia defende uso de máscara até a vacina

Luis Macedo/Câmara dos Deputados - 09.09.2020

No seu retorno à Câmara dos Deputados após estar curado da covid-19, o presidente Rodrigo Maia (DEM-RJ) defendeu uso da máscara até que a vacina esteja disponível no Brasil. 

"Hoje é a primeira vez que venho à Câmara depois do meu período de isolamento e de sofrimento e acho que a minha decisão de usar a máscara tem a ver com o que eu passei, que milhares de brasileiros passaram e ainda vão passar até a vacina. Todos nós sabemos que a utilização da máscara é fundamental para que o vírus não continue se propagando e se multiplicando, tirando tantas vidas".

A posição de Maia sobre o uso da máscara difere da do presidente Jair Bolsonaro, que não usou máscara em eventos públicos nem antes e nem após a contaminação pela covid-19, apenas durante o período da infecção. 

Rodrigo Maia disse ainda que teve parte do pulmão comprometido e só não foi internado graças ao cuidado da equipe médica que o atendeu. Ele agradeceu o trabalho dos servidores da Saúde no combate à covid ao participar da entrega da agenda da Frente Parlamentar Mista da Reforma Administrativa, que fará a reforma do Estado:

"Não é brincadeira, não é uma doença fácil. Cheguei a estar com mais de 20% do meu pulmão contaminada e não fui internado por muito pouco. A manutenção da máscara de hoje até a vacina estarei com a máscara em todos os lugares públicos mostrando que essa é uma doença muito difícil"

Últimas