R7 Planalto Moradores protestam em Brasília contra morte de homem negro

Moradores protestam em Brasília contra morte de homem negro

João Alberto Silveira Freitas foi espancado por funcionários do Carrefour, em Porto Alegre, na noite de quinta-feira (19). Polícia investiga caso

  • R7 Planalto | Do R7

Homem negro é morto por funcionários do Carrefour

Homem negro é morto por funcionários do Carrefour

Youtube / Reprodução

Moradores de Brasília protestaram nesta sexta-feira (20) contra o assassinato de João Alberto Silveira Freitas, homem negro espancado até a morte por dois funcionários do Carrefour em Porto Alegre (RS).

O ato, realizado do Carrefour da 402 Sul em Brasília, contou com a participação de moradores. Um vídeo postado nas redes sociais mostra o momento. “Eu não consigo respirar”, diziam.

Freitas, de 40 anos, foi espancado e morto por dois homens brancos em uma unidade do Carrefour, no bairro Passo d’Areia, na noite desta quinta-feira (19). Informações preliminares apontam que os agressores foram um segurança e um PM temporário.

Leia mais: RS promete apuração rigorosa de morte de negro em mercado

A Polícia de Porto Alegre investiga o crime e já pediu a prisão do segurança envolvido no episódio. O crime ocorreu poucas horas antes desta sexta-feira (20), data em que se comemora o Dia da Consciência Negra.

Últimas