R7 Planalto Mourão irá exonerar assessor que falou sobre impeachment

Mourão irá exonerar assessor que falou sobre impeachment

Vice-presidente afirmou nesta quinta (28) que jamais vai trabalhar contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido)

  • R7 Planalto | Thiago Nolasco, da Record TV, com Plínio Aguiar, do R7

Na imagem, vice-presidente Hamilton Mourão

Na imagem, vice-presidente Hamilton Mourão

Adriano Machado/Reuters

O vice-presidente Hamilton Mourão (PRTB) afirmou, nesta quinta-feira (28), que irá exonerar assessor parlamentar que trocou mensagens com deputado sobre articulações de eventual impeachment do presidente Jair Bolsonaro (sem parte) e que jamais vai trabalhar contra o chefe do Executivo.

“A conversa houve. Algo que me deixou extremamente chateado porque é o único patrimônio que eu tenho é a minha honra e a minha honra está ligada a lealdade. São valores que eu não abro mão”, afirmou Mourão.

“Posso algumas vezes discordar de algumas coisas do presidente Bolsonaro, mas jamais vou trabalhar contra ele. E esse assessor ele avançou um sinal totalmente fora do foco, daquilo que são as minhas orientações a consequência é ele será exonerado brevemente”, acrescentou.

Mourão se refere ao chefe da assessoria parlamentar da vice-presidência, Ricardo Roesch Morato Filho, que conversou com deputado sobre articulações de eventual impeachment contra Bolsonaro.

A declaração foi dada por Mourão após questionamentos de jornalistas na tarde desta quinta, em Brasília. O vice-presidente não informou, contudo, em qual edição do DOU (Diário Oficial da União) será publicada a exoneração do assessor.

Últimas