R7 Planalto Mulher agredida poderá pedir decretação imediata de divórcio

Mulher agredida poderá pedir decretação imediata de divórcio

Proposta é do deputado Luiz Lima (PSL-RJ), que defende a rápida separação da mulher vítima de agressão do companheiro

Luiz Lima

Lima que agilizar divórcio em caso de agressão

Lima que agilizar divórcio em caso de agressão

Reprodução Facebook

O deputado Luiz Lima (PSL-RJ) apresentou na Câmara Projeto de Lei que ser for aprovado vai permitir à vítima de violência doméstica solicitar ao juiz a decretação imediata do divórcio ou rompimento da união estável.

Pesquisa revela que 536 mulheres foram agredidas por hora em 2018

A Lei Maria da Penha já prevê  a proibição do contato com a vítima ou aproximação dela.

Empresário assedia duas mulheres em bar famoso da zona sul do Rio

Ex-nadador olímpico e ex-secretário nacional de esportes de Alto Rendimento,  Luiz Lima defende ações que facilitem com rapidez o fim do vínculo da mulher e da família com o companheiro agressor.