R7 Planalto Novo suspende desfiliação de candidato após fala do André do Rap

Novo suspende desfiliação de candidato após fala do André do Rap

Marcelo Castro teve a filiação suspensa pelo partido no dia 14 de outubro após uma declaração. Sigla, contudo, voltou atrás por falta de 'fator'

Na imagem, Marcelo Castro

Na imagem, Marcelo Castro

Reprodução Twitter

O Partido Novo suspendeu a desfiliação de Marcelo Castro, candidato a vereador em São Paulo, e o postulante segue normalmente com a campanha pela sigla nas eleições municipais de 2020.

O candidato teve a filiação suspensa pelo partido no dia 14 de outubro após uma declaração sobre o narcotraficante André do Rap. Na ocasião, Castro havia dito que tráfico nem devia ser crime ao comentar a decisão que levou a liberdade ao narcotraficante, que é chefe da facção criminosa PCC (Primeiro Comando da Capital).

Após repercussão negativa, Castro se retratou. “Muita gente falando que o tal do André do Rap era um chefão do PCC. Eu não sabia. Com esse nome, achei que era vendedor de droga de baile funk. Vi as matérias agora, parece grave. Neste caso, há claro risco à garantia da ordem público. Me retrato pelo tuíte anterior”, disse.

Em nota, a sigla diz que a “suspensão foi levantada” no último dia 27 e que Castro "segue fazendo campanha normalmente”. De acordo com o partido, a “análise foi concluída e não foi encontrado nenhum fator para impor sanção ao filiado”.

Últimas