R7 Planalto "O senhor é bússula que levou ao caos". Veja frases da CPI da Covid

"O senhor é bússula que levou ao caos". Veja frases da CPI da Covid

Ex-ministro das Relações Exteriores Ernesto Araújo depôs nesta terça-feira (18) sobre atuação da política externa na pandemia

  • R7 Planalto | Mariana Londres e Plínio Aguiar


A CPI da Covid ouviu nesta terça-feira (18) o ex-chanceler Ernesto Araújo

A CPI da Covid ouviu nesta terça-feira (18) o ex-chanceler Ernesto Araújo

Jefferson Rudy/Agência Senado - 18.05.2021

O ex-ministro das Relações Exteriores Ernesto Araújo depôs nesta terça-feira (18) na CPI da Covid. Os senadores queriam saber se a atuação da diplomacia brasileira foi positiva ou negativa no combate à pandemia do novo coronavírus. Leia abaixo as frases mais polêmicas: 


Kátia Abreu (PP-TO)

Kátia Abreu (PP-TO)

Edilson Rodrigues/Agência Senado - 18.05.2021

O senhor é um negacionista compulsivo, omisso. O senhor, no MRE, foi uma bússola que nos direcionou para o caos, para um iceberg, para um naufrágio. Bússola que nos levou para o naufrágio da política internacional, da política externa brasileira, foi isso que o senhor fez. Isso é voz unânime dos seus colegas no mundo inteiro

Katia Abreu (PP-TO)

Omar Aziz (PSD-AM)

Omar Aziz (PSD-AM)

Jefferson Rudy/Agência Senado - 18.05.2021

Agora é bom a gente ver algumas pessoas irem a o Supremo pedir auxílio até porque outro dia estavam querendo tocar fogo no Supremo e queimar o Supremo, essas mesmas pessoas. Queriam literalmente fechar o Supremo. Agora já não, estão atrás do Supremo pedindo auxílio para que possa ficar calado

Omar Aziz (PSD-AM)

Otto Alencar (PSD-BA)

Otto Alencar (PSD-BA)

Edilson Rodrigues / Agência Senado / 18.05.2021

O ministro disse que o Brasil foi o primeiro país a participar da reunião do consórcio Covax Facility. Em abril, na primeira reunião, não tinha um representante do Brasil. A outra reunião foi em maio, também não tinha representante. Então, é completamente descabida a colocação que V. Sa. fez

Otto Alencar (PSD-BA)

Mara Gabrilli (PSDB-SP)

Mara Gabrilli (PSDB-SP)

Marcos Oliveira / Agência Senado

O senhor não ajudou em nada. Não defendeu a saúde dos brasileiros, não primou por seguir as lições mais básicas do Instituto Rio Branco. Nós, Senadores, só temos a lamentar sua gestão, porque os governos passam, sempre passam, mas o Estado brasileiro permanece.

Mara Gabrilli (PSDB-SP)

Eduardo Braga (MDB-AM)

Eduardo Braga (MDB-AM)

Jefferson Rudy / Agência Senado

Há, lamentavelmente, um equívoco, na política externa brasileira, de negacionismo e de defesa não dos interesses do povo brasileiro em salvar vidas, obter a vacina e obter os insumos e os equipamentos necessários, mas, sim, lamentavelmente, a serviço de questões que não salvam as vidas do povo brasileiro.

Eduardo Braga (MDB-AM)

Rogério Carvalho (PT-SE)

Rogério Carvalho (PT-SE)

Jefferson Rudy / Agência Senado

Ele afirmou aqui que as relações internacionais precisam ou devem se dar a partir de preferências entre o governo do país e outros governos – preferências do Governo e não do Estado brasileiro, e não da sociedade brasileira. Isso é de uma gravidade estrondosa! Isso é também um crime contra o Brasil e contra o povo brasileiro.

Rogério Carvalho (PT-SE)

Últimas