R7 Planalto Pacote com nove medidas contra corrupção está parado há um mês

Pacote com nove medidas contra corrupção está parado há um mês

Medida prevê, entre outros pontos, criação do crime de corrupção privada, a ampliação do rol de entidades e exigência de programas de integridade

  • R7 Planalto | Plínio Aguiar, do R7

Na imagem, Congresso Nacional

Na imagem, Congresso Nacional

Roque de Sá / Agência Senado

O pacote com nove propostas de combate à corrupção, apresentado por senadores em setembro, está parado há um mês no Senado Federal.

Baseado em sugestões do movimento Unidos contra a Corrupção, o projeto prevê, entre outros pontos, a criação do crime de corrupção privada, a ampliação do rol de entidades sujeitas ao controle de lavagem de dinheiro e a exigência de programas de integridade para contratação com a administração pública em obras de grande vulto.

Leia mais: Comissão quer debater prisão em 2ª instância após saída de chefe do PCC

A medida é assinada pelos senadores Alessandro Vieira (Cidadania-SE), Alvaro Dias (Podemos-PR), Oriovisto Guimarães (Podemos-PR), Eduardo Girão (Podemos-CE), Soraya Thronicke (PSL-MS) e Fabiano Contarato (Rede-ES).

A reportagem questionou o Senado sobre o motivo de o pacote ainda não ter sido distribuído. Em nota, a Casa informou que segue com tramitação normal. "O projeto será encaminhado à CCJ e aguardará inclusão na pauta de votações", disse.

Últimas