R7 Planalto Para ampliar participação de mulheres, Tebet sugere liderança feminina

Para ampliar participação de mulheres, Tebet sugere liderança feminina

Projeto de resolução será protocolado para aumentar a participação das mulheres na Casa Legislativa

  • R7 Planalto | Mariana Londres, de Brasília, e Plínio Aguiar, do R7

Na imagem, senadora Simone Tebet (MDB-MS)

Na imagem, senadora Simone Tebet (MDB-MS)

Jefferson Rudy/Agência Senado – 19.02.2020

A senadora Simone Tebet (MDB-MS) afirmou ao R7 Planalto que irá apresentar um projeto de resolução que cria a figura da liderança da bancada feminina na Casa Legislativa.

“Vamos apresentar o projeto para já implementar definitivamente a liderança da bancada feminina. Da mesma forma como o (Rodrigo) Pacheco vai criar a liderança da oposição, teria a liderança da bancada feminina”, afirma.

O objetivo do projeto, de acordo com a senadora, é para que as mulheres tenham cada vez mais voz dentro da Casa, com participação na articulação e na tomada de decisões em conjunto com as demais lideranças.

A Casa Legislativa tem apenas 12 senadoras e 69 senadores. No início da semana, elegeram os novos membros da Mesa Diretora - todos homens, com exceção da terceira suplência, ocupada por Eliziane Gama (Cidadania-MA).

A discussão sobre a participação mais efetiva das mulheres no Senado ganhou fôlego após a Câmara dos Deputados eleger, de forma inédita, três mulheres na composição da Mesa Diretora. A deputada Marília Arraes (PT-PE) ocupa a 2ª secretaria, Rose Modesto (PSB-MS) a 3ª secretaria e Rosângela Gomes (Republicanos-RJ), a 4ª secretaria.

Últimas