Para o Brasil, posição dos EUA sobre OCDE reflete amadurecimento

País governado por Donald Trump oficializou nesta quarta-feira 915) apoio para entrada do Brasil no grupo das nações mais desenvolvidas do mundo

Para o Brasil, posição dos EUA sobre OCDE reflete amadurecimento

Para o Brasil, posição dos EUA sobre OCDE reflete amadurecimento

Kevin Lamarque / Reuters - 30.6.2019

Para o Brasil, a posição dos Estados Unidos em apoiar a entrada do país na OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico) reflete “amadurecimento de uma parceria”.

Mais cedo, os EUA apresentaram uma recomendação formal para que o Brasil entre no grupo formado pelos países mais desenvolvidos do mundo. A posição do presidente Donald Trump foi recebida com satisfação pelos membros do governo brasileiro, que classificam, em nota enviada à reportagem, como “passo fundamental para destravar o processo de expansão da organização”.

Leia mais: Saiba o que é OCDE e os requisitos para entrar no 'clube dos ricos'

O Itamaraty afirma, ainda, que a posição dos EUA “reflete o amadurecimento de uma parceria que vem sido construída” desde o início do governo Jair Bolsonaro (sem partido), baseada em coincidência de visões de mundo. “Trata-se de relação estratégica de longo prazo, que se desenvolve em torno de três eixos principais: valores/democracia, crescimento econômico e segurança/defesa”.