Partidos de oposição apresentam pedido conjunto de impeachment 

Pela primeira vez PT articula pedido de impedimento. Já há 30 protocolados na Câmara. Argumentos são manifestações e enfrentamento à covid-19

Partidos de oposição apresentam pedido conjunto de impeachment

Partidos de oposição apresentam pedido conjunto de impeachment

Joédson Alves/EFE

O PT, PSOL e o PCdoB, partidos de oposição ao governo na Câmara, entraram com um pedido de impeachment conjunto contra o presidente Jair Bolsonaro nesta quinta-feira (21).

Os três partidos somam atualmente 71 deputados. 

O documento, protocolado nesta manhã, foi assinado por deputados e senadores dos partidos além de cerca de 400 entidades da sociedade civil e de outros quatro partidos sem representação na Casa: PSTU, PCB, PCO e UP. Já há na Câmara outros 30 pedidos de impeachment, mas este é o primeiro articulado pelo PT, que sofreu o processo de impedimento da presidente Dilma em 2016. 

No pedido, os partidos usam três argumentos principais para o afastamento:

1) Manifestações: apoio e participação direta do Presidente da República em manifestações antidemocráticas e que afrontam a Constituição.

2) Autonomia da PF: "a tentativa de indicação de autoridades da Polícia Federal que estejam submetidas aos desígnios de natureza privada do ocupante da Presidência da República"

3) Enfrentamento à pandemia: "atuação e pronunciamentos temerários e irresponsáveis diante da pandemia de covid-19".