Projeto propõe que SP forneça álcool em gel para baixa renda

De autoria da deputada estadual Beth Sahão (PT), medida será aplicada durante períodos em que Estado for acometido por surto, como coronavírus

Projeto prevê que SP forneça álcool em gel para população carente

Projeto prevê que SP forneça álcool em gel para população carente

Pixabay

Um projeto de lei propõe que o governo estadual forneça, de maneira gratuita, álcool em gel para as populações de baixa renda do Estado de São Paulo. Protocolada nesta sexta-feira (13), a matéria necessita de aprovação em plenário.

O uso de géis antibacterianos é recomendado pela OMS (Organização Mundial de Saúde) como método de prevenção contra, por exemplo, o novo coronavírus.

Leia mais: Jair Bolsonaro não tem infecção por coronavírus

De autoria da deputada estadual Beth Sahão (PT), o projeto prevê o fornecimento do álcool etílico em gel antisséptico 70° INPM durante períodos em que o território paulista for acometido por surtos epidêmicos de doenças respiratórias, como o Covid-19.

Com base num levantamento, o projeto destaca a alteração de preços do produto. Um frasco de álcool em gel de marca popular subiu de R$ 16,01 em 27 de fevereiro para R$ 41,99 em março deste ano – o que representa, segundo cálculos da equipe da parlamentar, um aumento de 161% em menos de uma semana.

“Tal situação torna proibitivo o acesso das pessoas de baixa renda a um método eficaz de prevenção não só ao coronavírus, mas outras doenças respiratórias igualmente mortais, como a gripe”, argumenta Sahão.

A petista também solicitou ao governador João Doria (PSDB) a criação de um Fundo Estadual Emergencial de Combate a Epidemias, para garantir recursos para ações voltadas a conter o avanço de doenças epidêmicas em municípios que se enquadrarem comprovadamente no Estado de epidemia de doenças infeccionas.

O Hospital Israelita Albert Einstein, na zona sul da capital, confirmou 98 casos de coronavírus na unidade até a noite desta quinta-feira (12). São Paulo é o Estado com o maior número de infectados do País – outros nove Estados também registraram quadros.