PSL expulsa dois deputados bolsonaristas em São Paulo

Expulsão ocorre, segundo Junior Bozella, presidente do diretório estadual, por causa da participação de ambos em atos antidemocráticos

PSL expulsa dois deputados bolsonaristas em São Paulo

PSL expulsa dois deputados bolsonaristas em São Paulo

Divulgação Alesp

O PSL (Partido Social Liberal) expulsou na noite desta quarta-feira (15) dois deputados estaduais de São Paulo: Gil Diniz e Douglas Garcia. Ambos são investigados pelo STF (Supremo Tribunal Federal) no inquérito das fake news.

A expulsão ocorre, de acordo com Junior Bozella, presidente do diretório estadual, por causa da participação de ambos parlamentares em atos antidemocráticos.

Leia mais: Alesp suspende deputados do PSL alvos de mandados do STF

"O PSL tem em seus princípios históricos a defesa da democracia e o fortalecimento das instituições como fundamentos inalienáveis. A permanência daqueles que não respeitam o estatuto e a ideologia do partido não se justifica", disse Bozella.

No mês passado, os mesmos deputados tiveram suas atividades suspensas pela Alesp (Assembleia Legislativa de São Paulo) por 12 meses.

Gil Diniz disse que "é uma honra" ser expulso pelo presidente do diretório estadual. Já Douglas Garcia avalia a expulsão como "perseguição política".