R7 Planalto Relator da CPI critica Copa América no Brasil: 'Campeonato da morte'

Relator da CPI critica Copa América no Brasil: 'Campeonato da morte'

Conmebol anunciou mais cedo que país sediará jogos de 2021 e agradeceu o presidente Jair Bolsonaro por "abrir as portas"

Na imagem, senador Renan Calheiros (MDB-AL)

Na imagem, senador Renan Calheiros (MDB-AL)

Evaristo Sá/AFP - 27.05.2021

O relator da CPI da Covid, senador Renan Calheiros (MDB-AL), criticou nesta segunda-feira (31) a realização da Copa América de 2021 no Brasil.

“Com mais de 462 mil mortes sediar a Copa América é um campeonato da morte. Sindicato de negacionistas: governo, Conmebol e CBF. As ofertas de vacinas mofaram em gavetas, mas o ok para o torneio foi ágil. Escárnio”, afirmou Calheiros.

Mais cedo, a Conmebol anunciou que o Brasil sediará a realização da Copa América de 2021. No domingo (30), a confederação sul-americana informou que, diante da pandemia do novo coronavírus, a Argentina não poderia receber o tradicional torneio de seleções. Na semana passada, a Colômbia já havia deixado de ser uma das sedes, mas em razão dos problemas sociais.

A confederação agradeceu o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) por "abrir as portas do país ao que hoje em dia é o evento esportivo mais seguro do mundo". "A América do Sul brilhará no Brasil com todas suas estrelas", acrescentou.

Últimas