Perseguição aos brasileiros

R7 Planalto Rodrigo Maia: "Acompanhamos preocupados a situação de Angola"

Rodrigo Maia: "Acompanhamos preocupados a situação de Angola"

Presidente da Câmara disse que irá conversar com deputados para ver como a Câmara pode ajudar na perseguição de brasileiros em Angola

  • R7 Planalto | Mariana Londres, de Brasília

Maia: "Acompanhamos preocupados a situação de Angola"

Maia: "Acompanhamos preocupados a situação de Angola"

Najara Araujo/Câmara dos Deputados - 14.07.2020

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse nesta terça-feira (14) que acompanha com preocupação a situação da perseguição a pastores em Angola. Na semana passada, os deputados Marcos Pereira (Republicanos-SP) e Julio César Ribeiro (Republicanos-DF) falaram durante as sessões da situação. 

"Vou conversar com o primeiro vice-presidente Marcos Pereira para ver qual o tipo de apoio que os deputados entendem necessário, junto com o Senado. De fato não conversei com ninguém, vi apenas a preocupação e o discurso do primeiro vice-presidente e estamos acompanhando preocupados. Mas vamos avaliar a demanda e o que a Câmara pode fazer para ajudar nesse tema."

No Senado já existe uma mobilização de senadores para formar uma comitiva para ir até Angola tentar ajudar os brasileiros que estão sofrendo uma onda de ataques e perseguições no país africano. O presidente Jair Bolsonaro enviou uma carta ao presidente de Angola pedindo garantias de segurança aos religiosos ameaçados.

Diante da escalada de tensão, o embaixador brasileiro em Angola, Paulino Franco de Carvalho, manifestou preocupação diretamente ao chanceler do país e entregou a carta que o presidente Jair Bolsonaro enviou ao presidente de Angola pedindo providências.

Últimas