R7 Planalto Rodrigo Pacheco é favorito para assumir comando do Senado

Rodrigo Pacheco é favorito para assumir comando do Senado

Fontes apontam Veneziano Vital do Rego como um dos cotados para a vice-presidência da Casa; PSD também cobiça o cargo

  • R7 Planalto | Plínio Aguiar, do R7, em Brasília

Rodrigo Pacheco conta com o apoio de 10 partidos

Rodrigo Pacheco conta com o apoio de 10 partidos

Marcos Oliveira/Agência Senado - 15.12.2020

A eleição para a presidência do Senado Federal, nesta segunda-feira (1º), tem a expectativa da vitória do senador Rodrigo Pacheco (DEM-MG), candidato apoiado pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e pelo atual presidente da Casa, Davi Alcolumbre (DEM-AP). 

Pacheco costurou sua candidatura ainda em 2020 e conta com o apoio de 10 partidos. Sua principal concorrente é a senadora Simone Tebet (MDB-MS), que aposta nas defeçcões de parlamentares. Além de Pacheco e Tebet, estão na disputa: Major Olímpio (PSL-SP), Jorge Kajuru (Cidadania-GO) e Lasier Martins (Podemos-RS).

Leia mais: Eleição da Câmara pode mudar rumo do governo Bolsonaro

Para rifar de vez a candidatura de Tebet, que conta com o apoio de senadores do Muda Senado, por exemplo, o DEM avançou na defensiva e ofereceu cargos ao MDB na Mesa Diretora.

De acordo com fontes, o senador Veneziano Vital do Rego (MDB-PB) é um dos cotados para assumir a vice-presidência. O PSD também cobiça o cargo.

Últimas