Coronavírus

R7 Planalto 'Saúde é lei suprema', diz Moro sobre medidas contra coronavírus

'Saúde é lei suprema', diz Moro sobre medidas contra coronavírus

Ministro da Justiça e Segurança Pública disse que isolamento compulsório pode ser aplicado com base na lei e cobra autorresponsabilidade

"Saúde é lei suprema", diz Moro sobre medidas contra coronavírus

"Saúde é lei suprema", diz Moro sobre medidas contra coronavírus

Reprodução/Twitter

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, comentou nesta quinta-feira (12) as recomendações médicas de isolamento e quarentena sobre o coronavírus e afirmou que a "saúde pública é a lei suprema". O número de infectados no Brasil pela doença chegou a 78 e atinge 10 Estados.

“Pacientes com suspeita de coronavírus devem seguir as recomendações médicas de isolamento e quarentena”, diz Moro, acrescentando que “elas podem ser impostas compulsoriamente”, com base na lei 13.979 e na portaria 356 do Ministério da Saúde.

Leia mais: Bolsa cai mais de 15% e aciona circuit breaker pela 2ª vez no dia

Moro avalia que a atitude de isolar a força pacientes suspeitos “não é necessário com autorresponsabilidade”. “A saúde pública é a lei suprema”, defendeu.

Últimas