R7 Planalto Senado deve aprovar hoje Roberto Campos Neto para o Banco Central

Senado deve aprovar hoje Roberto Campos Neto para o Banco Central

Novo presidente do BC e demais diretores da instituição serão sabatinados e terão nomes encaminhados para o plenário da Casa

Roberto campos neto banco central

Campos Neto será novo presidente do Banco Central

Campos Neto será novo presidente do Banco Central

Divulgação

A CAE (Comissão de Assuntos Econômicos) vai sabatinar nesta terça-feira (26), a partir das 10h, o economista Roberto Campos Neto para o cargo de presidente do BC (Banco Central).

Perfil do futuro comandante do BC agrada a analistas

O presidente da comissão, senador Omar Aziz (PSD-AM), decidiu realizar, na mesma reunião, as sabatinas de Bruno Serra Fernandes e João Manoel Pinho de Mello, indicados para duas diretorias do BC, e Flávia Martins Sant’anna Perlingeiro, indicada para o cargo de diretora da CVM (Comissão de Valores Mobiliários).

Na última terça-feira (19), os senadores da CAE analisaram o relatório do que indica o nome do economista para o Banco Central.

Depois de aprovada pela comissão, a indicação do economista será analisada pelo plenário do Senado. A expectativa é de que isso ocorra também nesta terça-feira.

Campos Neto vai ocupar o lugar de Ilan Goldfajn, que decidiu, por motivos pessoais, não permanecer no comando do Banco Central no governo Bolsonaro.

Roberto Campos Neto, de 49 anos, é neto do diplomata e economista, que foi embaixador em Washington e Londres, além de ministro do Planejamento no governo do presidente Castelo Branco nos anos 1960.

Ricardo Vélez

Também nesta terça-feira, a CE (Comissão de Educação, Cultura e Esporte) fará uma audiência pública com o ministro da Educação, Ricardo Vélez Rodríguez. Ele irá falar sobre os projetos do governo Bolsonaro e de temas como o programa Escola Sem Partido.