Reforma da Previdência
R7 Planalto Senado entra em acordo por cessão onerosa e agilidade na Previdência

Senado entra em acordo por cessão onerosa e agilidade na Previdência

Presidente da Casa anunciou, após reunião de líderes, que pauta será invertida e haverá quebra de interstício para votação da cessão ainda na terça

Davi Alcolumbre anunciou acordo com líderes

Davi Alcolumbre anunciou acordo com líderes

Roque de Sá/Agência Senado

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), anunciou que, após uma reunião com as lideranças da casa, ficou acordado que ainda nesta terça-feira (3) será votada a cessão onerosa da Petrobras e do bônus de assinatura do fundo social do pré-sal.

Para que que a votação seja concluída ainda hoje, haverá uma inversão na pauta e a quebra de interstício. Assim, o texto já é encaminhado para a Câmara nesta quarta (4) para seguir a sua tramitação.

Para entrar neste acordo foi necessário ceder o direito a destaques na proposta para a oposição.

Já sobre a reforma da previdência, a reunião que ocorre nesta quarta na CCJ (Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania) ganha uma nova pauta. Além da votação sobre o relatório de Tasso Jereissati (PSDB-CE), será apresentada a proposta da PEC paralela.

Com 27 assinaturas após o acordo, o texto ganha 30 dias de tramitação conjunta com o base da reforma, já que antes ele só poderia ser apresentado após a aprovação do projeto original.