R7 Planalto Senador da Rede pede apreensão do passaporte de Abraham Weintraub

Senador da Rede pede apreensão do passaporte de Abraham Weintraub

"Peço que seja proibida a saída do ministro do país porque ele é investigado nesse inquérito”, afirmou Fabiano Contarato em sua conta no Twitter

  • R7 Planalto | Plínio Aguiar, do R7

Na imagem, o senador Fabiano Contarato (Rede-ES)

Na imagem, o senador Fabiano Contarato (Rede-ES)

Pedro França/Agência Senado 27.02.2019

O senador Fabiano Contarato (Rede-ES) afirmou nesta sexta-feira (19) que protocolou pedido de apreensão do passaporte do ministro da Educação Abraham Weintraub.

“Protocolei pedido de apreensão do passaporte do ministro da Educação Abraham Weintraub no âmbito do inquérito do STF que investiga fake news. Peço que seja proibida a saída do ministro do país porque ele é investigado nesse inquérito”, afirmou Contarato em sua conta no Twitter.

Leia mais: Salário de Weintraub no Banco Mundial será de R$ 115 mil mensais

Weintraub deixou o cargo de ministro da Educação nesta quinta-feira (18). Sua gestão foi marcada por polêmicas, como insultos ao educador Paulo Freire, desafetos diplomáticos e ataques a membros do STF (Supremo Tribunal Federal). Após anunciar sua saída, Weintraub escreveu que também deixará o Brasil nos próximos dias.

O ministro da Educação é alvo de investigação por parte do STF no inquérito das fake news. A inclusão foi confirmada na quarta-feira (17), por 9 votos a 1, por parte dos membros da Corte.

Weintraub foi incluído por ter dito que, por ele, “botava esses vagabundos todos na cadeia, começando no STF”, na reunião ministerial de 22 de abril.

Últimas