Senador Flávio Bolsonaro diz ser vítima de perseguição política 

Em nota, parlamentar diz que está sofrendo difamação de grupo político que quer recuperar poder perdido nas úlitmas eleições

Senador Flávio Bolsonaro diz ser vítima de perseguição política

Senador Flávio Bolsonaro diz ser vítima de perseguição política

REUTERS/Adriano Machado 16/7/2019

O senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ), disse por meio de nota neste sábado (20), ser vítima de um grupo político que patrocina uma campanha de difamação contra ele para "recuperar o poder perdido nas últimas eleições". No texto ele reafirma a inocência em acusações e diz que seu patrimônio é compatível com os seus rendimentos. 

Essa é a primeira manifestação do senador após a prisão nesta semana de Fabrício Queiroz na casa do seu advogado, Frederick Wassef. Queiroz é investigado por promover um esquema de "rachadinha" no gabinete de Flávio, quando ele era deputado estadual no Rio de Janeiro. 

Nota senador Flávio Bolsonaro

O senador Flávio Bolsonaro é vítima de um grupo político que tem patrocinado uma verdadeira campanha de difamação. Essas pessoas têm apenas um objetivo: recuperar o poder que perderam na última eleição. Apesar dos incessantes ataques à sua imagem, Flávio Bolsonaro continua a acreditar na Justiça. Ele reafirma inocência em qualquer das acusações feitas por seus inimigos e garante que seu patrimônio é totalmente compatível com os seus rendimentos. Tudo ficará inequivocamente comprovado dentro dos autos. A verdade prevalecerá.