Senador Flávio Bolsonaro também deixa o PSL

Presidente Jair Bolsonaro anunciou que deixa a legenda e que irá criar novo partido Aliança pelo Brasil

Redes sociais

A exemplo do pai, o senador Flávio Bolsonaro (RJ) anunciou nesta terça-feira (12) que deixa o PSL. Por ter sido eleito em pleito majoritáriio, o senador não perderá o mandato.

O presidente e os parlamentares que articulam a criação de um novo partido, o Aliança pelo Brasil, estimam que 30 deputados deixem o PSL, mas isso só deve acontecer durante a janela eleitoral ou em caso de expulsão do partido a depender do motivo. Caso contrário eles perderiam o mandato. O PSL estuda punições aos dissidentes, como suspensão por um ano ou expulsão.