R7 Planalto Sorocaba quer ouvir população sobre escola cívico-militar

Sorocaba quer ouvir população sobre escola cívico-militar

Prefeitura quer promover audiência pública, mas não há data por causa da quarentena imposta como medida de enfrentamento ao coronavírus

Na imagem, cidade de Sorocaba, no interior de SP

Na imagem, cidade de Sorocaba, no interior de SP

Reprodução Prefeitura de Sorocaba

A Prefeitura de Sorocaba, no interior de São Paulo, deverá promover uma audiência pública para conhecer a opinião da sociedade em relação ao projeto de implantação de escola cívico-militar na cidade.

Não há, contudo, data para a realização da consulta pública, por causa da quarentena imposta como medida de enfrentamento ao novo coronavírus.

Leia mais: MEC diz que 643 municípios querem aderir às Escolas Cívico-Militares

Na última terça-feira (21), funcionários do MEC (Ministério da Educação) visitaram a cidade para definir os próximos passos do município da primeira escola cívico-militar do Estado.

O encontro reuniu a prefeita Jaqueline Coutinho (PSL), o secretário municipal de Educação, Wanderlei Acca, e o coordenador-geral do modelo no MEC, coronel Marcos Aurélio Zeni.

“Durante o encontro foram tratadas questões relacionadas a quais unidades municipais poderão vir a abrigar a escola, de acordo com os critérios exigidos, além da forma de como poderá se dar a consulta pública necessária à implementação do programa”, disse a administração municipal.

Últimas