STF troca vidros do prédio na Praça dos Três Poderes a R$ 4 milhões

Esta é a primeira troca dos vidros comuns para temperados e restauração de esquadrias desde a inauguração do prédio em 1960 

STF troca vidros e restaura esquadrias do prédio na Praça dos 3 Poderes a R$ 4 milhões

STF troca vidros e restaura esquadrias do prédio na Praça dos 3 Poderes a R$ 4 milhões

Clébio Cavagnolle/Record TV

O STF (Supremo Tribunal Federal) está trocando todos os vidros da fachada do prédio na Praça dos Três Poderes, em Brasília, a um custo total de R$ 4 milhões. Além da troca dos vidros, de comuns para temperados, as esquadrias estão sendo restauradas. É a primeira vez que o prédio, inaugurado em 1960, passa por uma obra desse tipo.

Em 2012, um voo rasante de um caça da Força Aérea Brasileira que se apresentava na cerimônia de troca da bandeira, quebrou parte dos vidros da fachada. Ninguém ficou ferido porque o prédio estava vazio, era domingo. Na época, os vidros foram substituídos por comuns, seguindo o padrão original do prédio. 

O objetivo do STF com a troca dos vidros para temperados, que estilhaçam em pequenos pedaços sem pontas em caso de ruptura, é melhorar a segurança para visitantes, advogados, servidores e colaboradores que frequentam diariamente o edifício, além de preservar o patrimônio histórico. 

Para não atrapalhar as sessões de plenário, as obras são suspensas no período da tarde às quartas e quintas. A restauração deve ser concluída ainda no primeiro semestre.