Apagões pelo Brasil

R7 Planalto TCU realizará auditoria para investigar apagão no Amapá

TCU realizará auditoria para investigar apagão no Amapá

Estado sofreu novo blecaute nesta terça-feira (17), duas semanas após a primeira ocorrência. Moradores relatam a situação como uma zona de guerra

Amapá tem protestos por falta de energia elétrica

Amapá tem protestos por falta de energia elétrica

Maksuel Martins /Fotoarena/Folhapress - 10.11.2020

O TCU (Tribunal de Contas da União) aprovou a realização de uma auditoria para verificar supostas irregularidades e omissões no apagão que atinge o Estado do Amapá.

“Diante do quadro de incontáveis prejuízos e danos causados à população de todo um estado e de possíveis irregularidades e omissões por parte do poder público, conheço da representação formulada e autorizo a realização de diligências e inspeções”, afirma a ministra Ana Arraes em documento obtido pelo R7 Planalto.

Leia mais: Sem energia elétrica, situação no Amapá é de zona de guerra

O Estado registrou um novo apagão na noite da última terça-feira (17), duas semanas após a primeira ocorrência, que deixou mais de 13 cidades sem luz e, em alguns casos, também provocou queda no fornecimento de água. Moradores relatam a situação como uma zona de guerra.

“Venho expressar minha grande preocupação com a grave crise energética enfrentada pelo Estado do Amapá – amplamente noticiado e que se estende por quase 10 dia”, diz a magistrada.

Veja também: Consumidor vai pagar por apagão no Amapá

O pedido de abertura de auditoria foi feito pelo senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP). O parlamentar pede, também, que seja determinada o afastamento da Diretoria da Aneel até a conclusão da investigação, além de informações sobre contrato, manutenção e congelamento de bens da empresa.

Últimas