R7 Planalto Toffoli convoca reunião emergencial após decisão de Marco Aurélio 

Toffoli convoca reunião emergencial após decisão de Marco Aurélio 

Nesse momento, o presidente do STF é o único com poderes para derrubar a decisão expedida por ministro, que pode beneficiar Lula e tirá-lo da cadeia

Toffoli convoca reunião emergencial após decisão de Marco Aurélio

Rosinei Coutinho/SCO/STF

O presidente do STF, ministro Dias Toffoli, convocou uma reunião emergencial com toda a equipe da Presidência para discutir a decisão monocrática do ministro Marco Aurélio Mello que determina a soltura de todos os presos com condenação em segunda instância

A medida beneficiaria o ex-presidente Lula, preso desde abril em Curitiba, cuja defesa já entrou com habeas corpus

A liminar de Marco Aurélio só pode ser derrubada por uma decisão do presidente da Corte, Dias Toffoli, ou pelo plenário, mas como amanhã começa o recesso do Judiciário, deverá caber a ele o desfecho do caso. Toffoli foi advogado do PT no passado e indicado pelo presidente Lula ao STF.