R7 Planalto Toffoli pede que PGR apure investigação contra Gilmar 

Toffoli pede que PGR apure investigação contra Gilmar 

Presidente do STF pede que Dodge apure e tome providências sobre vazamento de investigação da Receita contra Gilmar Mendes por corrupção

Toffoli pede que PGR apure vazamento de investigação contra Gilmar

Toffoli pede que PGR apure vazamento de investigação contra Gilmar

Toffoli pede que PGR apure vazamento de investigação contra Gilmar

Reprodução

O presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), ministro Dias Toffoli, encaminhou ofícios à procuradora-geral da República, Raquel Dodge, ao ministro da Economia, Paulo Guedes e ao secretário da Receita Federal, Marcos Cintra, pedindo que apurem o vazamento de documentos de uma investigação contra o ministro Gilmar Mendes e sua mulher, Guiomar Mendes por corrupção, lavagem de dinheiro, ocultação de patrimônio ou tráfico de influência pela Receita Federal.  

Nos ofícios, o ministro anexa um documento encaminhado por Gilmar Mendes pedindo providências para esclarecer a apuração da indevida publicação de um documento fiscal. O ministro diz ainda que não recebeu nenhuma notificação oficial da Receita de qualquer investigação em curso. Gilmar Mendes classifica o episódio como um ataque ao Judiciário, "em especial em momentos em que a defesa de direitos individuais e de garantias constitucionais desagrada determinados setores ou agente".

Conclui que a estratégia de "ataque reputacional (...) revela-se clara no presente caso, em que ilações desprovidas de qualquer substrato fático são feitas não apenas em relação a minha pessoa, mas em relação a todo o Poder Judiciário nacional".

Segundo o ministro, não há nenhum fato concreto nos documentos publicados nesta sexta-feira (8). Os documentos da investigação, anexados nos ofícios enviados por Gilmar Mendes e Toffoli, foram publicados pela revista Veja.