Coronavírus

R7 Planalto Três senadores são diagnosticados com covid-19 em menos de um dia

Três senadores são diagnosticados com covid-19 em menos de um dia

São eles: Alessandro Vieira, Lasier Martins e Major Olimpio. Diagnósticos ocorrem após visita de servidores estaduais

  • R7 Planalto | Plínio Aguiar, do R7

Senadores Alessandro, Lasier e Olimpio

Senadores Alessandro, Lasier e Olimpio

Reprodução Senado Federal

Uma semana após a visita de prefeitos e servidores estaduais e municipais em busca de emendas parlamentares no Congresso Nacional, três senadores da República anunciaram, em menos de um dia, que foram diagnosticados com o novo coronavírus.

Na noite desta segunda-feira (1º), Alessandro Vieira (Cidadania-SE) informou que testou positivo para covid-19. “O senador apresenta sintomas leves, está isolado e cumprindo os protocolos de segurança”, disse nota da assessoria de imprensa.

Depois, na manhã desta terça-feira (2), foi a vez de Lasier Martins (Podemos-RS). “Comunico que testei positivo para covid-19. Estou recolhido em casa e seguindo as orientações médicas”, escreveu em rede social.

Na sequência, Major Olimpio (PSL-SP) também informou que foi infectado. O senador disse que está bem, com sintomas leves e em isolamento domiciliar. “Com isso, não será possível a minha presença nas sessões semipresenciais do Senado nos próximos 14 dias, continuarei trabalhando como sempre, mas remotamente”, afirmou.

Os três diagnósticos positivos para covid-19 ocorrem uma semana após a visita de servidores estaduais e municipais no Congresso Nacional em busca de emendas parlamentares ao projeto de Orçamento de 2021 para suas respectivas regiões.

A Câmara dos Deputados elegeu a deputada federal Flávia Arruda (PL-DF) como presidente do colegiado, que vai analisar as propostas para a previsão de receitas e despesas do governo federal neste ano. A expectativa é de que a matéria seja aprovada até 30 de março.

O prazo para a apresentação de emendas terminou na última segunda-feira (1º). O quadro completo das emendas deve ser divulgado pela CMO (Comissão Mista de Orçamento) nesta terça. As 12 comissões temáticas do Senado aprovaram a indicação das emendas na última semana. Os colegiados apresentaram 48 emendas de apropriação, que juntas somam mais de R$ 13,8 bilhões.

Na semana que os servidores estaduais e municipais estavam em Brasília em busca das emendas, reportagem mostrou que a Câmara dos Deputados teve filas, aglomerações e até mesmo gabinetes de parlamentares desinfetados após suspeita de contaminação. Dias antes, a Mesa Diretora havia publicado ato que regulamenta a retomada do trabalho presencial na Casa Legislativa.

Senado
Mais de um quarto dos senadores da República já foi infectado com o novo coronavírus. A doença vitimou dois deles: Arolde de Oliveira (PSD-RJ) e José Maranhão (MDB-PB). Em dezembro do ano passado, o chefe de gabinete de Maranhão, José Bezerra Cavalcanti Júnior, morreu na Paraíba em decorrência das complicações da covid-19.

Confira a lista dos senadores que já foram infectados:
1) Davi Alcolumbre (DEM-AP)
2) Carlos Fávaro (PSD-MT)
3) Ciro Nogueira (PP-PI)
4) Eduardo Braga (MDB-AM)
5) Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ)
6) Luís Carlos Heinze (PP-RS)
7) Mara Gabrilli (PSDB-SP)
8) Marcos do Val (Podemos-ES)
9) Nelsinho Trad (PSD-MS)
10) Leila Barros (PSB- DF)
11) Prisco Bezerra (PDT-CE)
12) Rogério Carvalho (PT-SE)
13) Sérgio Petecão (PSD- AC)
14) Telmário Mota (PROS-RR)
15) Vanderlan Cardoso (PSD-GO)
16) Wellington Fagundes (PL-MT)
17) Jayme Campos (DEM-MT)
18) Kátia Abreu (PP-TO)
19) Angelo Coronel (PSD-BA)
20) José Maranhão (MDB-PB)
21) Alessandro Vieira (Cidadania-SE)
22) Lasier Martins (Podemos-RS)
23) Major Olimpio (PSL-SP)

Últimas