Operação Lava Jato

R7 Planalto Triplex de Lula é a ponta do iceberg, diz Sergio Moro

Triplex de Lula é a ponta do iceberg, diz Sergio Moro

Futuro ministro da Justiça afirmou que as provas indicam que o ex-presidente é o mentor do esquema criminoso que roubou a Petrobras

  • R7 Planalto | Caio Sandin, do R7

O futuro ministro Sergio Moro

O futuro ministro Sergio Moro

Rafael Marchante/Reuters - 3.5.2017

O ex-juiz Sergio Moro, exonerado na tarde desta sexta (16), afirmou, em entrevista concedida à IstoÉ  que "as provas indicam que Lula é o mentor desse esquema criminoso que vitimou a Petrobras. E nós não tratamos apenas de um tríplex. Nós falamos de um rombo estimado de R$ 6 bilhões. O tríplex é a ponta do iceberg".

Sobre a recorrente narrativa petista de perseguição política ao ex-presidente Lula e ao partido, Moro não dá chance: "O que existe é um álibi de Lula, baseado numa fantasia de perseguição política. Vamos analisar a Operação Lava Jato. Nós temos agentes políticos que foram do Partido Progressista condenados, temos agentes do PMDB e de figuras poderosas da República, como foi o caso do ex-presidente da Câmara, Eduardo Cunha, considerado adversário figadal do PT. E, claro, condenamos também agentes do Partido dos Trabalhadores. O esquema de corrupção na Petrobras envolvia a divisão de dinheiro entre executivos da estatal e agentes políticos que controlavam a empresa".

Quanto à falta de opositores entre os condenados, o novo ministro acho que "é natural que o esquema criminoso dessa espécie, quando descoberto, com políticos envolvidos, impliquem majoritariamente aqueles partidos que estavam no poder e controlavam a empresa e não legendas que se encontravam na oposição".

Já quando o tema é o fim da corrupção no País, Sergio Moro é realista ao dizer que "é impossível eliminar a corrupção, como é impossível eliminar a atividade criminal. Agora, o que é intolerável é a tradição da impunidade que nós tínhamos no Brasil. Isso acabava sendo estímulo para a prática de novos crimes".

Últimas