Um em cada três sites piratas tem vírus, segundo governo

Ministério da Justiça e Segurança Pública coordenou operação que suspendeu ou bloqueou 210 sites que distribuíam conteúdo de forma ilegal 

Um em cada três sites piratas tem vírus, segundo governo

Um em cada três sites piratas tem vírus, segundo governo

Divulgação/Ministério da Justiça

O Ministério da Justiça e Segurança Pública coordenou nessa sexta-feira (1º) a maior operação conjunta de combate à pirataria virtual. A Operação 404 suspendeu ou bloqueou 210 sites que distribuíam conteúdo legal de forma ilegal. Destes, 125 foram tirados do ar. Foi o maior número de bloqueios em um só dia. 

Um exemplo da atuação criminosa são sites que vendem assinaturas de pacotes de filmes e clipes sem pagar os direitos autorais para os autores. 

Cem aplicativos foram fechados e quatro pessoas foram presas em flagrante. Um menor que era responsável por um dos sites foi apreendido. Os nomes dos sites e aplicativos estão sob sigilo. 

As investigações detectaram que um terço dos sites piratas contém pragas virtuais, vírus que podem infectar os aparelhos dos usuários. 

Segundo o Ministério da Justiça, o Brasil perde cerca de R$ 8,7 bilhões por ano com a pirataria. O País está em quarto lugar no mundo em sites que distribuem conteúdo pirata.