Vacina contra covid-19 só deve sair em dois anos, diz secretário

Wanderson Oliveira, que comanda a Secretária de Vigilância, do Ministério da Saúde, falou hoje (20) para membros da comissão que trata sobre coronavírus

Na imagem, secretário de Vigilância, Wanderson Oliveira

Na imagem, secretário de Vigilância, Wanderson Oliveira

Marcello Casal Jr/Agência Brasil

O secretário de Vigilância, do Ministério da Saúde, Wanderson Oliveira, afirmou nesta quarta-feira (20) que a produção em massa de uma vacina contra a covid-19 ocorreria em, pelo menos, dois anos.

“Vacina é um instrumento de, no mínimo, dois anos. Tem que comprar insumo, tem que desenvolver toda a arquitetura de produção. Não é um investimento de curto prazo e eu não acredito que tenhamos vacina sequer em 2021”, disse Oliveira.

Leia mais: Covid-19: empresa anuncia vacina com resultados promissores

A afirmação foi dada pelo secretário para os deputados federais e senadores que compõem a comissão que acompanha as medidas relacionadas ao enfrentamento do novo coronavírus.

Wanderson argumentou que seriam necessárias, pelo menos, 80 milhões de doses.

*Com informações da Agência Câmara de Notícias