R7 Planalto Votação ajuda Bolsonaro a fazer reforma administrativa  

Votação ajuda Bolsonaro a fazer reforma administrativa  

Candidato do PSL quer reduzir número de estatais e ministérios e destinar mais recursos para estados e municípios

O candidato à Presidência pelo PSL, Jair Bolsonaro

O candidato à Presidência pelo PSL, Jair Bolsonaro

Ricardo Moraes/Reuters - 11.10.2018

O fato de ter tido uma votação estupenda em 7 de outubro, coligando-se apenas ao nanico PRTB, vai permitir que Jair Bolsonaro possa reduzir o número de estatais e ministérios sem qualquer pressão política.

A razão é simples: como não deve nada a ninguém pela vitória também não precisa pagar coisa alguma.

Em sua conta no Twitter, ele falou de alguns pontos centrais da Reforma Administrativa que pretende fazer e deixou claro: "Isso é possível com independência e nós temos".  

Atualmente, o Brasil tem 29 ministérios. Deverão restar apenas apenas 15. Das 151 estatais, ficarão "umas 50", tem dito Bolsonaro.  

Veja o Twitter de Bolsonaro: