O que a lista divulgada pelo Spotify revela sobre 2020

Algumas influências podem representar um perigo real para a sua vida

Bombou hoje no Twitter (e em outras redes sociais) o compartilhamento de usuários sobre os gêneros musicais que mais ouviram em 2020.
Recebi uma imagem que define bem o que eu mais ouvi este ano.

Reprodução / Instagram @tudodeshare

Brincadeira à parte, essa divulgação me fez pensar: Será que as pessoas que compartilharam suas listas refletiram sobre o resultado? Vou além: Será que elas transferiram essa retrospectiva de gêneros musicais para outras atividades?

Eu fiz essa retrospectiva mental e me deparei com muitas coisas que consegui realizar este ano e tantas outras que ainda preciso fazer.

Nosso cérebro funciona como um computador

Além disso, esse tipo de resultado também revela muito sobre como estamos sendo influenciados. Porque, a verdade é que somos constantemente persuadidos. Segundo especialistas, isso acontece porque a mente humana funciona de modo bem semelhante ao computador.

Você já deve ter percebido que quanto mais programas você baixa no smartphone, tablet ou computador, mais lento ele fica... E quando você faz vários downloads, sem prestar atenção no site, se é ou não de confiança, eles podem trazer vírus.

O mesmo ocorre com a nossa mente: o cérebro retém informações ilimitadas, então nosso comportamento se torna resultado do conteúdo que absorvemos.

Sendo assim, a população é facilmente influenciada pelos conteúdos que ouve, assiste, lê, seja por meio de um comercial que promete ilusões, um filme que traz a ideia de perfeição, uma novela que padroniza comportamentos, moda, beleza etc.

Algumas pesquisas já divulgaram que as mídias de forma geral, por exemplo, influenciam diretamente na formação da identidade de um adolescente, no consumo de produtos eletrônicos, de roupas e, até mesmo, nas relações com a família e com os amigos.

A mídia influencia a pessoa no modo de pensar, de agir e até de se vestir, fazendo com que milhares de pessoas caiam em depressão e vivam frustradas em busca de ser alguém que não são

A mídia influencia a pessoa no modo de pensar, de agir e até de se vestir, fazendo com que milhares de pessoas caiam em depressão e vivam frustradas em busca de ser alguém que não são

Getty Images

É importante ressaltar também que tudo o que foi citado aqui pode ser um importante e essencial instrumento para uma boa formação profissional e pessoal, desde que seja selecionado o que agrega elementos positivos.

Para saber se o que você consome tem contribuído ou não para sua formação, responda: o que você tem ouvido/assistido/lido ultimamente? Em que isso tem colaborado para você ser uma pessoa melhor?

Da mesma forma que diz o ditado: "você é aquilo que come", suas atitudes sempre refletirão a forma como você "alimenta" seu cérebro. Então, se for preciso, restart sua mente.

Últimas