Hora News Em gravação, dono da JBS acusa Aécio de receber R$ 2 milhões e cita Guido Mantega

Em gravação, dono da JBS acusa Aécio de receber R$ 2 milhões e cita Guido Mantega

Além de Michel Temer, a delação dos irmãos Joesley e Wesley, donos da JBS, divulgada nesta quarta (17), cita também o presidente do PSDB, Aécio Neves. Ele teria sido gravado pedindo R$ 2 milhões a Joesley. O ex-ministro de Dilma, Guido Mantega, também aparece nas gravações. Ele era o contato da empresa com o PT e também operava os interesses da JBS no BNES.