Amigos de vendedor de pão morto protestam em São Gonçalo

Manifestantes pediram paz na cidade e lembraram a morte de vendedor

Amigos e familiares lamentaram a morte de Felipe
Amigos e familiares lamentaram a morte de Felipe Reprodução / Facebook

Moradores da comunidade Campo Novo, em São Gonçalo, região metropolitana do Rio, fizeram uma manifestação em memória do vendedor de pão Felipe Silva, morto durante uma operação policial no bairro nesta quarta-feira (31). O protesto foi no bairro de Maria Paula, entre Niterói e São Gonçalo, e dois ônibus foram incendiados. Amigos e familiares lamentaram a morte do rapaz nas redes sociais.

— Isso é uma covardia que não tem cura. Pegar um cara trabalhador que acordava todo dia 04:00 da madrugada e só retornava para casa 08:00 da noite, matar um pai de família com um tiro de fuzil. [...] Esse (Felipe Silva) era e sempre vai ser um exemplo de ser humano querido por todos, fazia parte dos nossos cafés da tarde, de toda comunidade — escreveu um amigo.

Moradores da comunidade, amigos e familiares da vítima já prestaram depoimento. A Delegacia de Homicídios de Niterói investiga o caso. O 7ºBPM (São Gonçalo) informou que no momento em que Felipe foi baleado, acontecia uma operação da Polícia Civil na região.