Rio de Janeiro Após mortes, parentes reclamam de condições de trabalho no porto 

Após mortes, parentes reclamam de condições de trabalho no porto 

Carro com cinco funcionários de uma empresa que presta serviço no local caiu na baía de Guanabara. Quatro vítimas morreram

Os parentes relatam que se trata de uma tragédia anunciada o acidente de carro que matou quatro funcionários de uma empresa que prestava serviços no porto do Rio na quinta-feira (19). Os corpos de três vítimas serão enterrados nesta sexta (20).

Carro caiu perto de uma obra no cais do porto

Carro caiu perto de uma obra no cais do porto

Record TV Rio

O carro com cinco trabalhadores caiu na baía de Guanabara na noite de quarta (18). Uma das vítimas sobreviveu ao pular do veículo antes da queda. 

De acordo com informações iniciais, o carro derrapou na pista em razão da forte da forte chuva.

No entanto, os familiares relataram que no local havia uma obra, que não estava sinalizada.

"Só quero que seja apurado se a Segurança do Trabalho estava ciente da obra, se a obra estava sinalizada, se o carro tinha condição de andar naquela lama", disse Ana Paula, esposa de uma das vítimas.

A mulher do trabalhador identificado como Luís disse que o marido sempre dizia que, se algo acontecesse, para que ela denunciasse as condições de trabalho porque ele sabia que poderia ocorrer um acidente. 

A Polícia Civil vai investigar o caso. O depoimento da vítima sobrevivente pode ajudar a esclarecer o que as causas do acidente.  

Últimas