Rio de Janeiro Após ser baleada por criminosos, mulher em fuga atropela e mata homem no Rio

Após ser baleada por criminosos, mulher em fuga atropela e mata homem no Rio

Segundo polícia, motorista vinha do Paraná e procurava hotel quando entrou na Vila Aliança por engano e teve o carro alvejado 

  • Rio de Janeiro | Victor Tozo*, do R7, com Record TV Rio

Mulher teve o carro alvejado

Mulher teve o carro alvejado

Reprodução/Record TV Rio

Um homem morreu após ser atropelado na comunidade Vila Aliança, na zona oeste do Rio, na tarde de segunda-feira (23). A motorista do veículo seria, de acordo com a polícia, uma mulher que fugia de criminosos após ser baleada por um deles.

A identificação do homem não foi divulgada. Segundo as investigações, a motorista, que tem 40 anos, vinha da cidade de Guarapuava, no Paraná. Ela procurava um hotel com o filho quando entrou por engano na comunidade e teve o carro alvejado na estrada do Taquaral.

Em entrevista à Record TV Rio, o delegado Bruno Gilaberte afirmou que, se confirmada a versão de que a mulher estava em fuga e tentava preservar a própria vida e a do filho, ela não deve ser responsabilizada criminalmente.

A ferida foi levada ao Hospital Municipal Albert Schweitzer, em Realengo, e em seguida transferida para o Salgado Filho, no Méier, zona norte da cidade. A direção da unidade informou que ela apresenta quadro de saúde estável.

Em nota, a PM afirmou que a mulher foi socorrida por agentes do 14º BPM (Bangu), que a encontraram baleada junto com o filho no carro. A corporação relatou apenas ter sido informada de que um homem teria morrido atropelado na área e declarou que não havia operação no momento do incidente.

*Estagiário do R7, sob supervisão de Bruna Oliveira

Últimas