Rio de Janeiro Após tentativa de fuga, padrasto é preso por torturar criança de 3 anos na Região dos Lagos, no RJ

Após tentativa de fuga, padrasto é preso por torturar criança de 3 anos na Região dos Lagos, no RJ

Vítima deu entrada em hospital com queimaduras pelo corpo e rosto desfigurado, segundo as investigações da polícia

Padrasto tentava fugir e acabou preso após cerco

Padrasto tentava fugir e acabou preso após cerco

Reprodução

Um homem foi preso em flagrante por torturar o enteado de 3 anos e mantê-lo em cárcere privado em Cabo Frio, na região dos Lagos, no Rio, na noite de sexta-feira (6). 

O caso chegou à 126ª DP (Cabo Frio) por meio do Conselho Tutelar, que informou que uma criança estava internada em um hospital com diversas queimaduras pelo corpo, inclusive nas partes íntimas, além do rosto, desfigurado por socos e tapas.

Além da conselheira tutelar, a polícia ouviu a mãe da vítima, que relatou que estava sendo mantida presa em casa pelo companheiro, sem nenhum contato com o mundo exterior, desde janeiro. 

De acordo com as investigações, a criança e a mãe eram constantemente agredidas com isqueiro, pedaços de ferro e madeira. O agressor agia com tamanha violência que chegou a lesionar o tímpano da criança e deformar seu rosto e suas mãos. 

Com base nessas informações, o delegado Carlos Eduardo Pereira Almeida determinou buscas pelo suspeito em diversos endereços. O homem foi capturado quando tentava fugir em São Pedro da Aldeia, município vizinho, após cerco policial.

Últimas