Blocos abrem carnaval não oficial no Rio de Janeiro

Desliga dos Blocos critica mercantilização do carnaval de rua nas ruas do RJ; cerca de 25 blocos desfilaram no último domingo (5)

Blocos abrem carnaval não oficial no Rio de Janeiro

Blocos abrem carnaval não oficial no Rio de Janeiro

Tomaz Silva/Agência Brasil

O carnaval já começou no Rio de Janeiro. E a todo vapor. Cerca de 25 blocos participam, desde as 7h30 do último domingo (5), da abertura do carnaval não oficial do Rio de Janeiro.

Todos os blocos, incluindo um da Baixada e três de Niterói, se reúnem em diversos locais do centro da capital fluminense. O evento é organizado pelo movimento Desliga dos Blocos, que se proclama “em defesa da liberdade criativa e contra a mercantilização do carnaval de rua do Rio de Janeiro” e promete "varrer a intolerância em um vendaval de serpentina".

Leia mais: Sessenta mil turistas chegam ao Rio em novos navios de cruzeiros

Os blocos não oficiais se distinguem dos grandes blocos tradicionais da cidade poque não têm carro de som. São concentrações de músicos e foliões que estão juntos e fazem carnaval que não precisa de nenhum tipo de aparato. A maioria é do tipo fanfarra. Alguns ficam parados e outros desfilam pelas ruas do centro.

O bloco "Vem Cá, Minha Flor" abriu o carnaval não oficial do Rio no Buraco do Lume, como é popularmente conhecida a Praça Mário Lago, famoso logradouro situado próximo ao Largo da Carioca, no centro do Rio. A festa será encerrada pelo Cordão do Boi Tolo, criado em fevereiro de 2006, na Praça XV.