Coronavírus

Rio de Janeiro Cariocas buscam praias da cidade, mesmo com proibição

Cariocas buscam praias da cidade, mesmo com proibição

Decreto do Governo do Estado proíbe a permanência nas praias, prática de esportes coletivos e comércio nesses locais

Cariocas procuraram praias mesmo com decreto proibindo permanência na areia

Cariocas procuraram praias mesmo com decreto proibindo permanência na areia

Tânia Rêgo/Agência Brasil

Apesar da proibição de permanência na areia e do banho de mar em praias de todo o estado do Rio de Janeiro, alguns cariocas decidiram frequentar praias da capital, no primeiro dia do recesso de dez dias estabelecido pelo governo fluminense.

A reportagem percorreu as praias da zona sul da cidade e verificou que havia pessoas tomando banho de mar e permanecendo na areia, algumas inclusive com guarda-sóis.

O número de pessoas que infringiram as regras de isolamento estabelecidas pela prefeitura e pelo governo do estado, no entanto, era pequeno nas praias visitadas pela reportagem entre o fim da manhã e o início da tarde desta sexta-feira (26): Praia Vermelha, Copacabana, Ipanema e Leblon.

Um decreto do governo do estado proíbe a permanência nas praias, a prática de esportes coletivos e o comércio nesses locais até o dia 4 de abril. São permitidos apenas esportes individuais.

Últimas